domingo, março 01, 2009

Para tudo!
(eu sei, é esquisito este "para" sem acento sendo que é conjugação do verbo parar, mas... vamos tentar seguir a nova ortografia)

Uma pequena história: sexta-feira à noite, Roberta entediada fuçando no computador terminou no Orkut. Resolvi dar uma olhada na comu Adoro Romances e vi um tópico chamado COMENTÁRIO INFELIZ, criado pela Sandra Vitória. A idéia é divulgar aquelas frases/diálogos onde tem algo que o mocinho diz que nos irrita, magoa a mocinha e que faz quem está lendo desejar profundamente que o boca grande quebre a cara em pedaços doídos e minúsculos.
Então houve uma comentário a respeito deste livro, que me deixou muito curiosa. Não lembro de tê-lo lido (e geralmente tenho alguma recordação da maioria das histórias que li), então busquei na internet informações sobre o livro, porque queria saber o final da história...

No site Adoro Romances achei o resumo e a capa do livro:

Título: Lembranças de uma paixão
Título Original: A past revenge
Coleção: Sabrina
Número: 374
Autora: Carole Mortimer
Ano da publicação original: 1984
Olhos cinzentos, frios e cruéis olhos cinzentos... e lençóis de seda. Eram essas as lembranças que Danielle guardava de seu grande amor. O homem que a havia retirado de uma festa, sete anos antes, para levá-la a viver seus únicos momentos de paixão e prazer sensual.Agora o destino o trazia de novo à sua vida, para seu mal ou para seu bem. E, pelo jeito, ele não mudara nada. Ainda era o homem arrogante que um dia ousara lhe oferecer dinheiro por uns instantes de amor.'

Ok, super má notícia: onde eu acharia um livro da fase clássica NC-Harlequin na madrugada de sábado pós-carnaval? Enfim, Roberta sai à caça de algo que não gosta muito: e-book (não consigo me concentrar lendo livros pela internet), achei um link e, como não consegui salvar o livro, li até madrugada de sábado.
E aqui estão as minhas impressões.

Lembranças de uma paixão - Carole Mortimer - Sabrina 374
(A past revenge - 1984)
personagens: Danielle Smith e Nicholas Andracas

Danielle tinha sido contratada para pintar um quadro da atual amante do milionário Nicholas Andracas, a atriz Audra McDonald. Só não contava que ele fosse se interessar por ela e que esse interesse aumentasse a cada recusa e rejeição dela. Nicholas não entendia porque ela não queria nada com ele, afinal de contas todas as outras mulheres se jogavam aos seus pés dispostas a tudo para agradá-lo. Ele queria Danielle. O problema é que Danielle tinha motivos muito sérios para não querê-lo de jeito nenhum: ele a traumatizou sete anos antes e nem se lembrava. Mas ela não havia esquecido. E já que ele fazia questão de conquistá-la, ela percebeu que teria a chance de devolver a humilhação que sofrera nas mãos dele. Talvez isso amenizasse uma dor, que ela sabia que nada conseguiria terminar.

Comentários:

- Eu não acreditei que este livro foi escrito em 1984. Sério. Ele caberia normalmente agora. Todos os requisitos que eu gosto (e que me estressam na mesma proporção em uma história mal escrita) estão aqui. A diferença é que tudo faz sentido: a arrogância e onipotência do herói, a determinação da mocinha em exorcizar o passado, o que leva ao plano de vingança dela, a execução do plano sem arrependimentos. E quando ele vem tomar satisfações, ela abre o jogo. As duas conversas deles - após a vingança - e a consequência desta estão entre os textos mais legais que eu li: a mocinha expressou toda a sua amargura, a sua humilhação, o seu rancor e ele ficou chocado por perceber que algo que tinha feito lá atrás e refugiado num canto da memória (como se fosse um arquivo morto) tinha voltado para cobrar seu preço.

- Seria um pouco exagerado dizer que foi o melhor que eu li no estilo "vingança", mas estará entre os melhores, não só nesta categoria, como também na lista de "histórias bem escritas".

- E nunca mais vou me sentir mega mau humorada quando encontrar uma daquelas coisas que se auto-intitulam "livros" que não têm história, personagens, contextos enfim... nada de relevante e a gente ainda acaba iludida(o) para gastar dinheiro neles...

Bem, era isso... Agora não sei o que escrevo: mafioso da Diana Palmer, série da Lynne Graham ou como quase Crepúsculo saiu voando pela minha janela...

Bacci!!!

Beta
Reações:

9 comentários :

  1. Tentei comentar antes, mas a conexão do lugar em que estou (casa da vovó) é muuuuuuuuuuuito lenta.

    Vamos lá: não me lembro bem o que eu achei da história, mas sei que foi bem-escrita. Gostei dos personagens. Gostei da vingança até a Danielle meter a menina no meio e culpar Nicholas pela morte dela, como se ela própria não tivesse rejeitado a filha - até esconder a filha dos amigos mais próximos ela escondeu. Cretinice na minha opinião; mas amei o que ele fez e disse quando descobriu a verdade, quando se mostrou e provou que ela foi infeliz nas atitudes. Se bem que... se ela tivesse esclarecido antes, não haveria livro. =D

    ResponderExcluir
  2. Solady10:47 AM

    Gosto demais desse blog!! Parabéns pelas dicas, comentários,enfim, TUDO DE BOM! Bjos!!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:16 PM

    Pq creousculo saiu voando da tua janela?????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
  4. Larissa2:44 PM

    Adoro seu blog!!!!
    Tbm sou escorpiana e sei como as vezes é dificil agradar a gente, rsrs. Tenho uma sugestão de livro pra você, tbm com o tema vingança. Talves vc ja tenha lido, mas como não vi nenhum comentario aqui vai... Mestre da sedução de Jessica Trapp. Se vc não achar por ai, em ebook vc encontra. BJ

    ResponderExcluir
  5. Larissa2:44 PM

    Adoro seu blog!!!!
    Tbm sou escorpiana e sei como as vezes é dificil agradar a gente, rsrs. Tenho uma sugestão de livro pra você, tbm com o tema vingança. Talves vc ja tenha lido, mas como não vi nenhum comentario aqui vai... Mestre da sedução de Jessica Trapp. Se vc não achar por ai, em ebook vc encontra. BJ

    ResponderExcluir
  6. olá :)

    tava pesquisando sobre chick lit na web e achei teu blog... demais! ótimas dicas.

    assim como vc sou uma leitora compulsiva e nos ultimos tempos tenho aderido mt a leitura de 'mulherzinha' pois é tão divertido e faz com que o estresse do dia a dia suma rapidinho...

    tbm to escrevendo uns livros baseados nos meus livros favoritos e assim que der, postarei no meu mais recente blog.

    bejos!!

    ResponderExcluir
  7. Estava buscando sinopses de livros na net e achei seu blog!
    Está nos meus favoritos!!
    Continue escrevendo sempre, achei o máximo!!
    Beijos
    Paula

    ResponderExcluir
  8. Milena3:01 AM

    Beta (desculpe a intimidade, mas não consigo vê-la como Roberta), adoro o seu blog, seus comentários irônicos e sagazes sobre nossa "doce" leitura me mantêm como leitora cativa da Literatura de Mulherzinha!!!
    Amo este livro da Carole Mortimer, mas confesso que tive uma dificuldade monstruosa pra ler o bendito, a mocinha era praticamente uma Joana D'ark na fogueira, vai sofrer assim na casa do chapéu e o mocinho um desiludido com tudo, que arrasou com ela.
    A razão de gostar do livro é que a vingança tinha fundamento, diferente de muitos que leio e inexistia motivos pra vingança, pois eram causados por desencontros, mentiras, chantagens etc e tal, neste caso VIVA a vingança.
    O legal é que a Danielle de cara não pensa em vingança até o mocinho colar nela e quando ela abre o jogo com ele, mostra a face feia que ele têm, como o Retrato de Dorian Grey, o que vc vê não é o que realmente é. E o final é lindo, com a possibilidade do mocinho alcançar a redenção e até fazer a mocinha viver, pois fica claro o quão amargurada ela era, tinha muitas razões pra ser.
    Valeu a pena ler este livro!
    Meu poder de síntese hj foi desmaterializado, sorry

    Bjs
    Milena

    ResponderExcluir
  9. Mariane11:05 PM

    Oi,amei seu blogger!!!
    Sua forma de escrever é envolvente e devo dizer que cômica também.
    Mas isso é um elogio.
    Quanto ao livro,vou procurar por ele agora mesmo, pois confesso que adoro uma boa vingança. rsrsrs

    Beijos

    ResponderExcluir