domingo, agosto 07, 2005

Inglaterra, 1885 - Em meio à alta sociedade e à corte inglesa, duas pessoas buscam casamento que não limitem as suas personalidades livres. Lady Thorn queria um marido que a respeitasse. Lord Sin queria uma esposa verdadeira, que não fosse uma tola debutante. São duas histórias interligadas e que ainda cita outra trama de Cathie Archer (como diz a Thaís), bem românticas e com protagonistas lindos.

Indefeso coração - Catherine Archer - Clássicos Históricos 108
(Lady Thorn - 1997 - Harlequin)
personagens: lady Victoria Thorn e Jed McBride

Jed foi à Inglaterra para encontrar o filho que não conhecera. Ele salvou a aristocrata Vitória de um seqüestro e os dois fizeram um acordo: ele a protegeria dos pretendentes indesejáveis até que ela encontrasse um marido e ela o ajudaria a localizar a família de seu filho. O acordo seria satisfatório se Vitória e Jed não se sentissem tão atraídos um pelo outro. Mas haveria futuro entre a filha do duque e o marinheiro americano.
Curiosidades:
- aqui há referência a outro livro de Catherine Archer. Quando Vitória e Jed visitam as ruínas de um castelo medieval, ela conta a história de amor dos antepassados Rose e Gaston, do livro Rosa entre espinhos, Clássico da Literatura Romântica.
- Lorde Ian "Pecador" Sinclair aparece aqui, como o mais provável futuro marido de Lady Thorn.

O aventureiro e a dama - Catherine Archer - Clássicos Históricos 124
(Lord Sin - 1997 - Harlequin)
personagens: Mary Fulton e Lorde Ian Sinclair, o Lorde Sin (Pecador)

Depois de ter o pedido de casamento recusado por Lady Vitória, Ian continuava com um problema nas mãos - queria escolher uma esposa para escapar da noiva imposta pelo pai, uma prima distante. E foi durante uma visita à Vitória e a Jed que ele encontrou a solução: Mary Fulton, a filha do pastor, amiga de Vitória. A atração foi imediata - ele prôpos casamento e ela aceitou. Mary não sabia em que estava se metendo ao aceitar o pedido. Sabia que Ian era lindo, um cavalheiro e cuidaria dela. No entanto, ao chegar em Sinclair Hall, e encontrar o pai de Ian, com quem ele não tinha um bom relacionamento, e a prima que aguardava para ser esposa dele, Mary se deu conta de que tinha muitas barreiras a superar. E que isso poderia colocar a vida dela em risco.
Curiosidade:
- Deve ser sina minha amar Ian Sinclair - na saga dos Sinclair, de Gayle Wilson, o irmão do meio tem esse nome, embora não seja chamado assim no próprio livro e apenas nos livros que contam as histórias dos irmãos. É o meu livro favorito! E não pude resistir muito a esse Ian aqui... E mesmo que pudesse, o final do livro é um golpe de misericórdia hehehe
- A declaração de amor de Ian para Mary merece destaque entre as melhores de todos os livros. Simples, singela e eficiente...

Rosa entre espinhos - Catherine Archer - Clássicos da Literatura Romântica 127
(Rose among thorns - 1992 - Harlequin)
personagens: Rose de Carlisle e Gaston de Thorne

Inglaterra, 1067 - Rose de Carlisle entregou o feudo que comandava sem lutar, para proteger seu povo dos normandos. Por ordem do rei William, ela deveria se casar com Hubert, mas foi o irmão dele, Gaston, que despertou sentimentos nela... muito semelhantes a amor à primeira vista. No entanto, alguns saxões resistem à dominação e a população dos feudos da região corre perigo. Rose e Gaston vão enfrentar não só a ameaça de serem punidos pelo rei e de começar uma desavença familiar, mas também a fúria do primo dela, que pode ser o líder dos rebeldes que atacam a região!

Beijos!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Oi!Adorei o blog!Vou procurar ler esses livros que você comenta com tanto gás!Comentários hilários, adorei!Mas eu tenho uma sujestão pra ti, por que não põe uns Danielle Steel na área?

    Bjos Fabi

    ResponderExcluir