sexta-feira, maio 20, 2005

Não são histórias que dependem uma das outras, mas têm citações de personagens. Na verdade, tudo parte da experiência do primeiro casal, o que era para ser uma vingança, acaba como reconciliação. Eles tentam alertar os amigos, para evitar o desgaste, mas não são ouvidos, o que rendem novas histórias engraçadas e interessantes.

Doce revelação - Sharon Kendrick - Sabrina 993
(Kiss and tell - 1997 - Mills & Boon Ltd.)
personagens: Triss Alexander e Cormack Casey

A vingança que Triss arquitetou por tanto tempo era simples: agora que Cormack estava de volta, ela diria que ele era o pai de um garotinho de 5 meses que jamais iria conhecê-lo. Em tese, porque o plano foi por água abaixo assim que os dois se olharam. Agora, Cormack quer fazer parte da vida do filho e está disposto a se casar com Triss para isso. Só que havia outro probleminha: a forma mal resolvida como terminou o romance deles ainda é uma barreira. Atenção para o final, que cita a forma como um dos protagonistas de Acertando as contas entra na história.

Vingança ou romance - Sharon Kendrick - Julia 1079
(Valentine Vendetta - 1999 - Silhouette Books, da Harlequin)
personagens: Francine Fisher e Samuel Lockhart

Samuel Lockhart tinha a reputação de ser destruidor de corações das moças desavisadas que se apaixonavam por ele... Por isso, Francine assumiu a missão de vingar a honra de uma amiga durante a organização de um baile do Dia dos Namorados. Mas será que a vingadora poderia se apaixonar pela vítima? Atenção para a participação especial de Cormack Casey, como o amigo que dá conselhos bem intencionados.

Acertando as contas - Sharon Kendrick - Julia 969
(Settling the score - 1997 - Silhouette Books, da Harlequin)
personagens: Roberta Salisbury e Dominic Dashwood

Roberta Salisbury e Dominic Dashwood tinham uma história mal-resolvida. Ele foi padrinho no casamento do melhor amigo e Roberta era a noiva. Anos depois, o que era atração teria se transformado em ódio e Dominic queria vingança. Para isso, contratou Roberta para organizar um evento na casa dele. A intenção era que ela se apaixonasse para ele poder humilhá-la... Mas pode ser que o ódio se torne amor. Atenção para a participação especial de Triss Alexander, tentando entender o que se passa na cabeça dos dois.
Reações:

4 comentários :

  1. Amei o livro doce revelação. Recomendo =)

    ResponderExcluir
  2. *Vingança ou Romance => RECOMENDADÍSSIMO! Um ótimo romance, gostoso de ler, a estória não é nenhuma novidade, mas foi muito bem escrita, e isso faz toda a diferença, e quando você começa a ler não quer mais parar. Gostei das justificativas do mocinho no final que não foram sem pé nem cabeça, como a maioria que estamos acostumadas a ler. A autora foi muito feliz nessa questão, o mocinho admitiu a sua parcela de culpa em relação a “amiga” da mocinha, pois vamos combinar que para quem está acostumado a beber sabe que, a não ser que a pessoa desmaie ou entre em coma alcoólico, o bêbado lembra muito bem o que fez ou deixou de fazer, portanto, o mocinho reconheceu que se ele não soubesse o que estava fazendo não teria sido possível ele ter transado a noite inteira com ela, segundo declarações da própria “amiga”!

    ResponderExcluir
  3. *Acertando as Contas => RECOMENDADÍSSIMO! Somente para as românticas de plantão. Estorinha fofa, bem florzinha, gostosa de ler!

    ResponderExcluir
  4. *Doce Revelação => Dos três livros esse foi o que menos gostei... com uma mocinha confusa e muito insegura. No entanto, não tiro a razão dela por ser assim, porque vamos combinar que o mocinho é uma toupeira, não mexeu uma palha pra desfazer qualquer mal-entendido entre eles, nunca foi atrás dela durante a separação, aliás, fez exatamente o contrário se envolvendo seriamente com outra mulher! E depois de tudo isso ainda acha que a mocinha tem a obrigação de confiar cegamente nele? Se achando no direito de dar lição de moral, ah não dá né! Assim mesmo valeu a leitura.

    ResponderExcluir