domingo, abril 24, 2005

Estes estão entre os primeiros livros que eu li, emprestados de minha prima. Demorei para comprá-los. Só este ano, consegui reunir os dois na minha coleção particular. Como são antigos, dependem de muito garimpo (ou de sorte) para encontrá-los. Eu gosto desse tipo de história: mocinha e mocinho se apaixonam, são separados, resolvem desafiar tudo, as circunstâncias os separam e eles se reconciliam e desafiam tudo e todos. Vários romances têm esse storyline, mas nem todos são bem escritos ou, pelo menos, prendem a sua atenção até a última folha. Pelo que pesquisei, Donna Anders não tem site.

Deusa do Havaí - Donna Anders - Clássicos da Literatura Romântica
(Mari - 1991 - Harlequin Books)
personagens: Mari Webster e Adan Foster

Séc.19. Mari Webster foge da casa dos rígidos avós nos EUA para reencontrar o pai no Havaí. Entre as surpresas que a aguardavam no reencontro, ela conhece o fazendeiro Adam Foster. Os dois se apaixonam. Mas tudo está contra eles, principalmente o fato de ela ser estrangeira e a tradição que ditava que quem desafiasse os deuses se envolvendo com não havaianos era castigado.

O paraíso de Luana - Donna Anders - Clássicos da Literatura Romântica(Ketti - 1991 - Harlequin Books)
personagens: Luana Foster e John Stillman

Final sec. 19. Luana Foster (a Ketti do título original, só a tradutora sabe o porquê da mudança...) volta ao Havaí depois do rompimento do noivado. O país está em crise e o futuro da monarquia é incerto. Nesse tempo complicado, Luana encontra John Stillman e eles se apaixonam. Além dos tradicionais rivais pelo coração do casal, as coisas complicam quando é descoberta a relação entre John Stillman e os pais de Luana.
Reações:

2 comentários :

  1. Anônimo9:05 AM

    Este e'o site de Donna Anders
    http://www.donnaanders.com/

    Versao original de Deusa do Havai chama-se Mari

    ResponderExcluir
  2. Comprei esse livro que veio junto com um lote de romances antigos dessa série clássicos da literatura romântica. Ainda não li mas adoro os romances antigos porque os de hoje são ricos em cenas de sexo hot e pobres em história e drama como os antigos da década de 80 e 90.

    ResponderExcluir