sábado, março 02, 2019


Ciao!



Homem arrogante disposto a tudo para atingir o alvo. Já tem toda a situação sob controle.
Você já viu isso, né?
Então se façam um favor: ignorem Doukakis e prestem atenção em Polly Prince. Ela é a verdadeira rainha deste livro.

A aprendiz do amor - Sarah Morgan – Jessica 2 Histórias 158 (Em busca do carinho)
(Doukakis’s apprentice – 2011 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Polly Prince e Damon Doukakis

O mundo de Polly desabou: o pai desaparecido, a empresa sendo vendida para um homem que não tem a melhor impressão da família dela e tudo que considerava estava sob risco. Para garantir a sobrevivência de quem prezava nesta crise, ela precisaria ser ainda melhor. Doukakis precisava encontrar o pai de Polly, então nem hesitou em usar a filha e a empresa como iscas. Mas se viu diante de um desafio que confrontava todas as certezas inabaláveis dele.

Comentários:

- Agindo em nome da ideia de proteger a irmã, Doukakis precisa encontrar o pai de Polly. O problema é que o homem não aparece. Qual a ideia de gênio do grego? “Vou comprar a empresa de marketing dele! Ok. E vou fazer a filha dele, aquela garota mimada que foi uma má influência para a minha irmã, trabalhar e merecer o dinheiro que ganha pela primeira vez na vida. Assim que ele aparecer, nós homens resolvemos nossas pendências e eu terei solucionado a crise familiar”.

- Só que as coisas não eram/foram como as certezas totais, profundas e inabaláveis que Doukakis tinha. Mas chega de falar de quem só serve pra estressar a gente e a rainha do livro, Polly Prince.
- Eu sou boa em várias coisas, sr. Doukakis. O fato de eu usar meia-calça rosa-choque ou unhas divertidas não faz de mim uma estúpida, assim como o fato de usar jeans não o tornaria uma pessoa mais acessível. 
- O livro começa com Polly tendo que aturar misoginia e comentários sexistas, vendo seus esforços sendo desmerecidos pelo fato de “ela ser filha do chefe”, “ser bonita demais” e “o jeito como se veste”. Nem precisei chegar no meio da primeira cena para pensar em chamar meu El Kabong interior e entrar espanando pra todo lado. Ai quando você pensa que vem um alívio, o trem segue implacável: com o protagonista fazendo todo tipo de insinuação sobre quem ele tem certeza de que Polly é, não quem ela é de verdade.

- Creia, muitas garotas e mulheres vão se identificar com a Polly pelo simples fato de terem sido julgadas por serem do sexo feminino, atendendo ou não a um padrão de outra pessoa, que pouco está interessada em fatos e julga com base nesta idealização. Por isso, a jornada de Polly em busca do objetivo de defender a equipe que tanto importava para ela ressoa nas leitoras. A gente sabe o que é ser Polly. A gente sabe o que é ser vidraça, ter que engolir tanto sapo que o estômago parece um brejo. De ser conformada ao que um homem que acha que está no controle sobre tudo e todos pensa sobre ela. Dá raiva. Muita raiva.  

- Mas, para cada raiva que passamos junto com Polly, vem a compensação de vê-la sambando na cara de Doukakis sempre que desarma um dos preconceitos e julgamentos antecipados que ele fez a respeito dela. A cena do encontro de negócios em Paris é daquelas que, se fosse num filme, capaz de eu ficar em pé e aplaudir “Isso aí, garota!”

- Gostei de ver como Polly era focada no objetivo da vida dela – e que envolvia amor, mas não o óbvio. Gostei de ver como ela é criativa e inteligente, mesmo que sem as chancelas sociais obrigatórias. Gostei de ver como ela quebra cada pensamento imbecil que Doukakis tem sobre ela. E isso tudo após ser a menina que cresceu sabendo que só poderia contar com ela mesma no mundo. Polly Prince entrou para a minha lista de favoritas, por ser simplesmente ela mesma: esfuziante, espetacular e brilhante.

Claro que faz parte de uma série de 4 livros com diferentes autoras.

21 Century Bosses Series
Marriage Mede on Paper – Maisey Yates – Lily Ford e Gage Forrester
Doukakis’s apprentice – Sarah Morgan - A aprendiz do amor - Polly Prince e Damon Doukakis
Fiancée for one night – Trish Morey – Eve Carmichael e Leo Zamos
The Thorn in his side – Kim Lawrence – Libby Marchant e Rafael Alejandro


Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário