quarta-feira, dezembro 24, 2014

Ciao!!!




  
Hoje é o dia de pendurar as meias na janela e ficar vigiando a árvore. Quando eu era criança, na verdade, vigiava embaixo da cama. Era onde os presentes “apareciam”...

Esta é o clima desta tramas lançadas pela Harlequin na coletânia Dom de Natal. Livro escrito por ela na década de 1980, ainda no início da carreira dela. História fofinha, bem típica para a época do Jingle Bells. E confira amanhã, no Literatura de Mulherzinha, a segunda história do livro: Nosso pedido de Natal.

De volta, no Natal – Nora Roberts – Harlequin Brasil
(Home for Christmas - 1986)
Personagens: Faith Kirkpatrick Monroe e Jason Law

Depois de dez anos viajando pelo mundo contando as histórias que encontrava, o jornalista Jason Law estava de volta à cidade natal. E em muitas coisas, Quiet Valley, em New Hampshire, não havia mudado. As casas das quais lembrava ainda estavam lá. Os amigos de escola estavam mais velhos, muitos deles casados com filhos. E havia Faith, o amor que deixara para trás ao partir. Agora divorciada com uma filha. Jason não acreditava, mas o Natal poderia ser uma época de milagres para ele.

Comentários:

- Temos a história do menino que não teve uma infância legal, era meio o “bad boy” da cidade, mas como vocês verão era um “bad boy fofo”, aquele que a comunidade sabia que tinha um bom coração, mas a situação familiar poderia empurrá-lo para o mau caminho. Desde sempre, Jason tinha vontade de ir embora da cidade em busca de algo melhor (ou talvez que as aventuras trouxessem tudo aquilo de que ele sentia falta). Realizou este sonho, tornou-se um jornalista conhecido e premiado. E agora, uma década depois, finalmente voltou à cidade onde nasceu e justo na época do Natal, onde tudo tende a ser mais emotivo, mais familiar, mais acolhedor.

- Dentre os reencontros, um ele queria tanto quanto temia. Rever Faith, a garota pela qual se apaixonou, mas não levou consigo quando foi embora. Pediu a ela que esperasse, que ele ligaria para ir encontrá-lo. E quando tinha o suficiente para começar uma vida a dois, soube que ela tinha se casado. Ao reencontrá-la na casa que ela dizia que queria ter e dona de uma loja que consertava e fazia bonecas, soube que ela estava divorciada e o sentimento que os unia não tinha acabado com as escolhas que fizeram lá atrás, apenas adormecido e reviveu ao mero olhar. E a ligação instantânea com Clara, a filha de Faith, tão extrovertida, além de animada para poder abrir os presentes de Natal. 

- História fofinha, rápida de ler, sobre laços, tempo perdido, planos futuros, conforto, aconchego, família, cidade pequena onde todos se conhecem... E onde tudo faz crer que Papai Noel existe e vai deixar na árvore tudo aquilo que a gente sonha ganhar, especialmente os que não cabem em uma caixa...


Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Eu imaginei esse vilarejo como uma cidadezinha linda, com cabanas de madeira com telhado de colmo, cobertas e rodeadas por neve branca e brilhante, enfeitadas maravilhosamente com enfeites natalinos, jazendo tranquilamente entre uma estrada e uma floresta, pelas montanhas. Um lugar que eu amaria conhecer, excelente para um reencontro de um casal apaixonado para acertar suas contas e suas vidas.

    ResponderExcluir