sábado, outubro 25, 2014

Ciao!!!




Estava morrendo de saudades de ler tramas criadas pela Natalie Anderson, aniversariante deste domingo (26). Ainda bem que, neste mês, a Harlequin Brasil trouxe um dos livros dela ainda inéditos no Brasil no Jessica 2 Histórias 234. Blogueira escorpiana agradece a chance de ler trama onde todos os ingredientes estão bem misturados!

Foto Indiscreta – Natalie Anderson – Harlequin Jessica 2 Histórias 234 (A arte da sedução)
(Blame it on the bikini – 2012 – Mills & Boon Modern Heat)
Personagens: Mya Campbell e Brad Davenport

Uma travessura entre amigas acaba se tornando uma complicação para Mya Campbell. Ela entrou em uma loja muito cara, experimentou um biquíni, tirou uma foto e mandou para a melhor amiga, Lauren. Não comprou o biquíni, pequeno e caro demais e esperou pela resposta da amiga... Só que quem recebeu a foto foi o irmão dela, Brad e ao ver a legenda “Vou me dar bem assim?” primeiro levou um susto e em seguida ficou interessado em dar uma resposta a Mya.

Comentários:

- Aquele momento onde você faz uma brincadeira que muda a sua vida. Essa frase resume bem a situação de Mya neste livro. A trabalhadora e estudante full time aproveitou um raro momento de folga para entrar em uma loja e experimentar um biquíni que não compraria e não usaria normalmente. Ao mandar a foto pelo celular, selecionou o irmão da melhor amiga, por quem nutriu uma paixonite quando era adolescente e rebelde. Intrigado, ele a procura no bar onde ela trabalha como bartender e Mya não entende nada, porque faz tempo que eles não se encontram... Até cair a ficha, ela somar 2 + 2 e entender que Brad encarou uma foto que não era para ele como um convite acintoso. Está achando pouco problema? Não viu nada!

- Brad nunca havia olhado para Mya como alguém diferente da “melhor amiga da irmã rebelde”. Se não fosse a foto indiscreta e acidental, ele não teria se dado conta de que ela não era mais adolescente e estava muito bonita. Para agravar, eles se beijam e não é um beijinho qualquer. É um daqueles arrasa-quarteirão, capaz de causar uma demissão, que habilmente ele evita da maneira comum aos ricos e poderosos, oferecendo algo que interessava ao chefe dela, ao contratar uma festa no bar. E também capaz de mudar convicções... Exceto a de Mya, que era não se distrair nunca mais enquanto não atingisse os objetivos pessoais dela. Já tinha errado uma vez, pagava ainda esse pato e não estava disposta a fazer outra bobagem, nem por Brad Davenport, nem por ninguém.

- Temos a autora fazendo novamente o seu melhor. Duas pessoas que se apresentam à sociedade com fachadas bem determinadas, que escondem algumas rachaduras emocionais. Poderiam ser a última pessoa indicada um para o outro, mas as diferenças óbvias e as inesperadas semelhanças servem como aquilo que vai afastá-los e atrai-los, ao mesmo tempo. Não era para ser nada. Não era para ser paixão. Não era para ser amor e vai acabar sendo o mais importante para ambos. Os comentários provocativos e picantes do início, causados pela foto indiscreta, evoluem para cuidado, preocupação e carinho. Não vai ser fácil, porque os dois são teimosos e confusos na mesma proporção, mas, para quem, como eu, adora os livros dela, vale a pena cada página, cada vontade de xingar um ou outro e cada momento de inveja por mais um representante da ilha da fantasia masculina criada por Natalie Anderson. O aniversário é dela, mas confesso que estou me sentindo a presenteada. E espero que a Harlequin Brasil não demore a publicar outros livros dela. Eu agradeceria.

- Links: Goodreads livro e autora; Fantastic Fiction: autora e livro; site da autora; outros livros da Natalie Anderson no LdM.

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Esses enganos interessantes, dessa forma tão simples de acontecer por uma distração não percebida em tempo, são muito bons para iniciar um romance inesperado, principalmente quando seu príncipe consorte não é um ogro e não é um sapo. Mas eu fiquei um tanto quanto constrangida por ele ter visto aquela foto como um convite acintoso e não como um acidente de envio - coisa de DNA masculino ...

    ResponderExcluir