domingo, julho 01, 2012

Ciao!!!

Para começar um dia intenso - e nervoso (eu tenho fortes laços afetivos pelas DUAS equipes) - decidi fazer este post. Ainda mais porque quem for acompanhar pela televisão vai ouvir algumas coisas que não devia... XD

Por que torcer para a Itália?

1. Fratelli D'Itália: eu adoro o hino da Itália, tanto que sei cantá-lo (ainda não tão bem quanto gostaria) - é um daqueles hinos como a Marselhesa (França) e o do Brasil, capaz de levantar uma multidão. E vocês vão reparar hoje como os jogadores se unem para cantá-lo (até brinquei na semifinal que, mesmo com a TV no mudo, eu ouvi o Gigi Buffon cantando), em especial, o refrão:

Stringiamci a coorte,
siam pronti alla morte.
Siam pronti alla morte,
l'Italia chiamò.
Stringiamci a coorte,
siam pronti alla morte.
Siam pronti alla morte,
l'Italia chiamò!
 
Cerremos fileiras.

Estejamos prontos para morrer.
Estejamos prontos para morrer.
A Itália chamou-nos.
Cerremos fileiras.
Estejamos prontos para morrer.
Estejamos prontos para morrer.
A Itália chamou-nos.

2. Gosta de um contexto contrário: Pra variar, o futebol italiano está envolvido em uma crise de manipulação de resultados, desta vez, para beneficiar apostadores. O troço é tão escabroso que nem consigo explicar - envolvia, inclusive, chantagem de jogadores com outros para ajudar na armação. Um jogador foi cortado do time por causa da suspeita de envolvimento com a armação. Lá foi a Itália para disputar a Euro desacreditada, da mesma forma que foi para as Copas de 1982 e 2006... Lá está a Itália na final, de novo. Meu único medo é que, caso a Itália vença, esta euforia abafe o escândalo da vez e tudo termine em pizza...

3. Os "velhinhos" que carregam o piano: Este time é bem diferente do que acostumamos a ver nas últimas grandes competições: não tem Maldini, não tem Cannavaro. Mas tem Pirlo, a quem os comentaristas estão fazendo súbitas declarações de amor profundas porque ele se tornou o último bote do Titanic. Parece que só se deram conta agora de como ele é bom, o meio campo que não é popstar, que está ali, na alegria e na tristeza, com aquela cara de Pierrô que viu a Colombina ir embora com o Harlequin. E consegue surpreender até quando aparece em comerciais (logo ele, tímido e reservado pra caramba: vejam aqui e aqui).

 E tem também Gigi (como dizem os italianos GIgi :D) Gianluigi Buffon, que levantará a Taça se der Itália: que possui uma família de comercial de manteiga, está longe de ser santo, mas fez defesas milagrosas e vibra como ninguém pela equipe.

4. Cesare Prandelli: podem xingar quem quiserem na Itália, mas se falar mal do técnico vão se ver comigo. Simples assim. Prandelli comandou a Fiorentina que foi destaque no campeonato nacional e se classificou para a Copa da Uefa e até para a Champions League. E em 2007, ele perdeu a esposa, Manuela, com quem estava casado há 25 anos (se conheceram quando ela tinha 13 e ele 15). Quando ela adoeceu a primeira vez, em 2004, ele LARGOU o emprego na Roma para cuidar dela e só voltou a treinar um time quando ela se recuperou. Infelizmente, ela teve uma recaída e morreu 3 anos depois (se quiser saber mais sobre ele, leia este perfil em Inglês feito pelo The Guardian). Ele ficou alguns jogos afastado do time e quando retornou foi em um Fiorentina-Inter de Milão, que eu vi pela TV, onde o que menos importou foi o jogo (a Fiorentina perdeu 1-0), porque a torcida demonstrou um apoio que foi de arrepiar (e olha que eu estou a um oceano de distância e vi pela TV).

5. E ainda: Para mim, tanto Gigi quanto Pirlo só possuem um defeito: jogam no clube errado (como torcedora da Fiorentina deveria dizer isso). Aliás, por este mesmo time errado, joga Claudio Marchisio,
que tem bom gosto pra nomes de esposa (a dele se chama, adivinhem?, Roberta!). E atenção ao meio-campo Daniele de Rossi, em dias bons, ele domina o setor. Em dias maus, ele pode  fazer alguma bobagem (na Copa de 2006, ele deu uma entrada violenta em um adversário e só voltou a campo na final. Galvão Bueno vai se lembrar disso e provavelmente chamá-lo de carniceiro. Mas tudo indica que ele criou juízo). E tem muita Romanista (torcedores da Roma) e não-Romanistas que o acham lindo, ainda mais com esse visual de lenhador XD

Por que torcer para a Espanha?

1. É uma equipe que tem conjunto: Claro que vai sair aquela hístória de que é o Barcelona sem Messi (mas poucos explicam o motivo): o toque de bola eterno - que eles chamam de tikitaka - veio do jogo do Barcelona, mas ganha tempero pela participação de jogadores de outros times. Sim, para ignorância geral de muitos comentaristas, a seleção da Espanha não é formada SÓ por jogadores do Barcelona - e me irrita quando se esquecem disso para elogiar, mas se lembram disso para criticar. David Silva é do Manchester City; Xabi Alonso, Sergio Ramos, Alvaro Arbeloa e - principalmente - ÍKER CASILLAS (San Íker, por motivos óbvios) são do Real Madrid; Jordi Alba era do Valencia (mas foi vendido nesta semana para o Barcelona) e, então, são do Barcelona: Gerard Piqué (popularmente conhecido como namorado da Shakira), Sergio Busquets, Xavi e Iniesta - sendo que a lista pode ganhar mais um se entra o Cesc Fàbregas. E antes de ser de A.B.ou C é um grupo que jogava junto nas categorias de bases, guardadas as diferenças etárias e evoluiu junto até a equipe principal.

2. De "patinho feio" a "poderosa do mundo": Várias vezes, a Espanha era o time que "jogava como nunca e perdia como sempre", com fama de amarelar. E vocês sabem como eu ADORO um patinho feio. De tanto ouvirem isso, uma geração veio disposta a quebrar tabus.
3. Para dar ânimo a um país em crise: Disso, nós também entendemos. Pelo menos, quem viveu a década de 80 (quando chorou com a eliminação de 82, com a derrota em 86 e em 90, mas ao menos teve o Basquete vencendo os EUA na decisão no Pan de Indianápolis e, acima de todos, Ayrton Senna). O mundo real desaba e o povo corria para o refúgio do esporte. No caso da Espanha, o refúgio está no futebol, no basquete, na F1 e no tênis (ok, Nadal perdeu Wimbledon, mas acabou de ganhar Roland Garros e estão vindo as Olimpíadas, enfim...)

4. ¡Vaya, muchos hombres guapos!: Tem pra todos os gostos e acredito que todos já sabem quem são meus favoritos.

Sim, quem ousar falar mal do Íker e do Xabi, pode correr, porque se eu pegar...  Mas há quem goste do Piqué (além da Shakira), o corte de cabelo do Sergio Ramos antes da Euro causou polêmica (veja o antes e o depois), Fàbregas tem fã-clube e quando você ainda se lembra que no banco estão Raúl Albiol e o Fernando Llorente... enfim *suspiros*

5. E outras coisinhas: Vai acabar a Euro e eu vou continuar esbravejando com o técnico que deveria escalar o Fernando Torres certo: Fernando Llorente Torres! O homem tem 1,95m de pura saúde, fez gol de tudo quanto foi jeito pelo Athletic de Bilbao e fica no banco! Aí a Espanha fica no tikitaka e joga a bola na área pro Silva, Xavi, Iniesta e Fábregas - onde este último é o mais alto, com 1,75m! E quando muda, coloca Pedro - que corre sozinho com a bola e vez ou outra sabe o que fazer com ela (sim, ainda estou traumatizada pelo que ele fez contra a Alemanha, na semifinal da Copa) - o Jesús Navas (que salvou contra a Croácia). E o time da Espanha parece a convenção dos escoteiros mirins, todo mundo bonzinho, comportado, pensam nas crianças carentes, ajudam ONGs, alguns muito bem casados, várias crianças fofas (#ficaadica, Carbonero: cata seu homem até a igreja mais próxima após a Euro, porque homem assim está em falta).

Todos sabem que tenho profundas ligações e amores com os dois times, mas, pra manter a coerência, vou ficar com a Espanha. Afinal de contas, adoro os patinhos feios! :D

E DE BÔNUS: De qualquer maneira, quem ganha é a gente. Afinal de contas, ano que vem, os dois times vão participar da Copa das Confederações no Brasil :D

É isso!!!

Vamos ao jogo!

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Eu entrei pela saleta quando minha tia-irmã havia posto naquela final de copa européia entre Espanha e Itália. Eu terminei assistindo ao jogo com ela. Tão bonitinho ver aquele campo verde repleto de bonequinhos de azul e de vermelho correndo pelo campo inteiro. ^^ Eu queria que Itália vencesse mas Esquadra Azurra não estava jogando muito bem mesmo. Então fiquei assistindo sem expectativas e vi Fúria jogar muito melhor !!! Além de que aqueles italianos eram muito feios mas aqueles espanhóis tinham seus bonitões. E aquele tal de Torres foi posto em campo !!! Eu comecei a rir pensando em uma blogueira muito específica que deveria estar doidinha com essa partida !!! ^^ Roberta, como você está e o que você acha ??? ^^

    ResponderExcluir