domingo, junho 17, 2012

Ciao!!!

Atendendo à sugestão da Ana no post anterior sobre a Eurocopa, vamos falar sobre as escalações das equipes participantes.

GRUPO A

REPÚBLICA TCHECA: Cech; Selassie, Kadlec, Sivok e Limbersky; Plasil (Rezek), Pilar, Hubschaman, Kola e Jiracek(Rajtor); Baros(Pekhart)

POLÔNIA: Tyton, Boenisch, Wasilewski, Perquis, Piszczek, Dudka, Polanski (Grosicki), Obraniak, Murawski (Mierzejewski), Baszczykowski, Lewandowski.

GRÉCIA: Sifakis, Torosidis, Papadopulos, Sokratis Papastathopoulos e Katsuranis; Tzavelas, Maniatis, Karagounis (Makos), Salpingidis (Ninis) e Samaras; Gekas (Holebas)

RÚSSIA: Malaféev, Anyukov (Izmailov), Ignashévich, Berezutsky e Zhirkov; Shirókov, Denísov e Glushakov (Pogrebnyak); Dzagóev, Arshavin e Kerzhakov (Pavlyuchenko)

Esse grupo é o desespero do narrador. Para cada nome pronunciável, tem outros tantos que você chuta e espera que esteja certo... Ou, então, temos alternativas:
- descobre o apelido do jogador. Foi o que fizeram com o Baszczykowski, capitão da Polônia. Ele marcou gol e o chamaram de "Cuba" (se entendi bem). E não, não faço a menor ideia como se fala o nome dele.
- fica com o nome mesmo. É o caso do zagueiro Papastathopoulos, da Grécia. Se você olhar bem, não é complicado. Temos várias vogais. O que assusta o tamanho. Então, pra facilitar, vamos de Sokratis mesmo...
Os russos estão cheios de -EVs -OVs e -ICHs. Mas com dois nomes assustadores à primeira vista: Pavlyuchenko, que os jornalistas falam como lêem, sem inventar e o Pogrebnyak, que eu demorei pra conseguir articular aquele "b" e aquele "n" em vizinhança...
E quando o nome é simples, mas pra gente tem outro significado? Na República Tcheca tem um jogador chamado Plasil.  Se ele vier à Copa, teremos que explicar que não temos nada contra a família Plasil, mas que aqui é nome de remédio para enjoo... E os narradores fazem uma pronúncia diferente do que falamos, não sei se é a certa ou se é uma forma de evitar a propaganda do remédio.
Deste grupo, continuam na competição Grécia e República Tcheca

GRUPO B
 
PORTUGAL: Rui Patrício, João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, Rául Meireles, João Moutinho; Nani, Hélder Postiga e Cristiano Ronaldo

HOLANDA: Stekelenburg, Van der Wiel, Heitinga, Mathijsen e Willems; Van Bommel, Nigel de Jong e Sneijder; Robben, Afellay (Kuyt) e Van Persie

DINAMARCA: Andersen; Jacobsen, Kjær, Agger e Simon Poulsen; Zimling (Jacob Poulsen), Kvist, Mikkelsen e Eriksen; Krohn-Dehli e Bendtner

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Hummels, Benedikt Höwedes e Khedira; Marcel Schmelzer, Schweinsteiger, Müller e Özil; Podolski e Mario Gómez

Ah, Portugal... nada como ler algo que a gente entenda kkk Mas nem todos são abençoados com essa graça. Sabia que Coentrão é um nome difícil pra repórteres espanhóis? (Veja o video) Vi um comentário uma vez que na Dinamarca todos se chamam Andersen. Ô gente malvada. Mas não tem nome difícil ali.

Já os holandeses também não são complicados, talvez porque jogam em grandes times europeus e estiveram na última Copa do Mundo, então, a sonoridade é mais comum pra gente. Fora todos os "van"s e o Sneijder, minha cisma é com o Kuyt. Ele jogou no Liverpool e sempre o chamei de "kuit", mas tem quem fale "káit". Desisto.

E a Alemanha? Depois de aprender que Neuer é "nóia", e que tem gente surtando sobre como se fala Özil, nem tento discutir o Schweinsteiger. Cada um chama de um jeito (já vi uma transmissão onde o narrador o chamou de várias maneiras diferentes no mesmo jogo), melhor apelar para o nome do moço, Bastian.
E daqui, continuam na briga Alemanha e Portugal.

GRUPO C

ITÁLIA: Buffon; Maggio, Chiellini e Bonucci; Thiago Motta (Montolivo), Marchisio, Giaccherini, De Rossi e Pirlo; Balotelli (Di Natali) e Cassano (Giovinco).

ESPANHA: Casillas; Piqué, Sergio Ramos, Arbeloa e Jordi Alba; Iniesta (Cazorla), Xavi e Xabi Alonso (Javi Martínez); Busquets, Silva e F. Torres (Fábregas).

IRLANDA: Given; St. Leadger, Ward, O’Shea e Dunne; Whelan (Green), McGeady, Andrews e Duff (McClean); Keane e Cox (Walters).

CROÁCIA: Pletikosa; Strinic, Corluka, Schildenfeld e Rakitic; Vukojevic, Modric, Srna e Perisic (Pranjic); Jelavic (Eduardo) e Mandzukic (Kranjcar).

Bem, quanto a Itália e a Espanha, são nomes mais comuns no nosso dia a dia. Tanto que tem hora que o povo inventa onde não existe. Em uma transmissão de Espanha x Itália que vi, o mais desatento acharia que o Giaccherini se chamava Jaqueline.
Quanto à Irlanda, os nomes não soam estranhso para nós leitoras fanáticas de Ruth Langan & cia.kkk
E na Croácia, parece que a maioria termina em -IC. Se alguém souber croata, me explica que significa algo?E a dúvida: como se pronuncia "Srna"? A gente coloca um "i" entre o "s" e o "r" e seja o que Deus quiser?

Amanhã a gente descobre quem continua deste grupo. Preciso dizer pra quem estou torcendo?
 
GRUPO D
 
UCRÂNIA: Pyatov, Selin, Khacheridi, Mihalik e Gusev; Konoplianka, Tymoschuk, Yarmolenko (Aliev) e Nazarenko (Milevskiy); Shevchenko e Voronin (Devich)

FRANÇA: Lloris, Debuchy, Rami, Mexès e Clichy; Cabaye (M’Vila), Diarra, Menez (Martin) e Ribéry; Nasri e Benzema (Giroud)

SUÉCIA: Isaksson; Martin Olsson, Mellberg, Jonas Olsson e Granqvist (Lustig); Svensson, Kallstrom, Larsson, Ibrahimovic e Elm (Wilhelmsson); Elmander (Rosenberg)

INGLATERRA: Hart; Johnson, Terry, Lescott e Cole; Milner (Walcott), Gerrard, Parker e Ashley Young; Welbeck (Oxlade-Chamberlain) e Carroll

Para a Inglaterra e para a França, valem o mesmo comentário que fiz para a Irlanda ali em cima. De tanto ler, por mais esquisito que parece, para nós é natural. Esse Oxlade-Chamberlain não parece nome de nobre em livro da Hannah Howell ou da Patricia Grasso??? No caso da França, ainda há um tempero africano.
A Suécia tem alguns nomes fáceis e outros que a gente assusta quando olha rápido. E ao contrário de muitos, não tenho medo de falar Ibrahimovic, porque me acostumei... E se houver dúvida, chama de Ibra mesmo e tá bom kkk
E os donos da casa, a Ucrânia, outros nomes fora do nosso costume, parecidos com o que associamos à Rússia. No entanto, como, graças a Deus, as consoantes estão acompanhadas de vogais, a gente arrisca alguma pronúncia... 
Na terça, serão definidos os dois classificados do time. A Suécia já está fora.

Bacci!!!

Beta
Reações:

6 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Se eu disser que o nome do Schweinsteiger é um dos mais fáceis de pronunciar da Alemanha, você acredita? Ele só é grande, mas se pronuncia praticamente como se escreve:Schueinsteigá(-er em alemão tem som de -a com um r bem fraco no final). Nesse video, em alemão, é pronunciado o nome dele http://www.youtube.com/watch?v=5yN24OycW4g&feature=related

    ResponderExcluir
  3. Bom dia
    Que surpresa boa, o post ficou ótimo! Melhor que eu imaginei com minha tímida sugestão.
    Beijos
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Texto ótimo, com risinhos garantidos mesmo !!! ^^

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post! Mas realmente, ser narrador não é fácil, não. Acho que eles devem treinar falando trava línguas! kkkk

    Mais uma vez, excelente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Os meus nomes favoritos são os africanos, apesar de ser Eurocopa, ainda tem alguns, eu adoro. Agora, você já viu o Galvão Bueno narrando jogo com nomes diferentes? Ele pesquisa a pronúncia e às vezes em nomes que todo mundo conhece faz questão de corrigir e pronunciar pelo menos uma vez do jeito que se faz no país do jogador.

    ResponderExcluir