sexta-feira, agosto 19, 2011

Ciao!!!


Eu comentei hoje no Twitter que me surpreendo com a capacidade do ser humano de ser imprevisível. E olha que, como escorpiana, já me acostumei a perceber (ou não) cada coisa de enternecer ou arrasar o ser humano. Pois bem, não posso falar pelos outros, portanto farei uma coisa rara (para meu “eu normal” que odeia ficar sob os holofotes), falarei sobre mim.

Como já contei várias vezes, criei o Literatura de Mulherzinha em um sábado em que não tinha nada para fazer porque queria ter uma ocupação fora o trabalho com algo que me agradasse. O desenho animado Robôs explica melhor que eu o critério: “Encontrou uma necessidade, satisfaça”. Pois bem, eu queria encontrar informações sobre os livros que eu lia e não achava nada em Português – apenas em Inglês (que eu entendia), em Italiano (que eu queria entender) e em Espanhol (que eu achava que entendia).

Comecei colocando as minhas coleções e fazendo alguns comentários. E com o tempo – lá se vão seis anos, quatro meses e quatro dias – encontrei meu jeito de escrever sobre o que li e o que achei (ok, às vezes, escrevo demais, às vezes de menos e, muitas vezes, perco as estribeiras com o que li). Tenho apenas uma parceria – a Harlequin – porque gosto de fazer tudo bem feito e minha vida real não me permite nem cuidar do que tenho atualmente direito, imagine então, mais de uma parceria. Para vocês terem idéia, já há resenhas prontas até dezembro, para que eu possa cuidar do Mestrado (uma palavra: QUALIFICAÇÃO. Uma data: DEZEMBRO. Posso começar a gritar agora ou economizo pro final de novembro?) sem ter que me preocupar em deixar o blog jogado ao vento (minha mãe vê a reprise de O Clone e aí já viu, né? Né brinquedo, não...). À medida que ler outros, posso programá-los ou reprogramá-los à vontade (como aconteceu neste fim de semana: troquei os dois posts por livros que li nos últimos dias).

Desta forma, do alto da minha vassoura, não posso criticar quem pede ajuda para manter o seu blog. Eu mesma dependo de muita: não tenho o menor senso artístico ou conhecimento para tanto, desta forma, para divulgar meus sorteios, preciso amolar alguém (geralmente a Tonks, mas já sobrou para a Carla). Até mesmo para começar a fazer sorteios foram aulas pelo MSN com a Tonks, a Nat e a Carol e um festival de perguntas idiotas (sidebar, hein? onde coloca?) Por não saber fazer um monte de coisas que outras fazem melhor que eu, invisto no que acho que faço bem: escrever. Transformar meu bom (ou mau) humor em palavras sobre um assunto. Sendo sincera: tive muita sorte porque encontrei pessoas maravilhosas sempre dispostas a dar uma ajuda. Até ganhei o layout de presente da Tonks no niver do ano passado!!! *.* E ainda encontrei Zulma e Andrea, que se tornaram anjos da guarda oficiais do Literatura de Mulherzinha – transformando o gesto de enviar um livro (ou uma caixa deles) em algo que eu sempre busquei em quem estava por perto e dei sorte de achar em quem nem me conhece direito: amizade.

Mas pedir dinheiro para manter o Literatura de Mulherzinha é algo que não consigo imaginar. Afinal de contas, ele surgiu como um hobby, uma forma de aproveitar minhas horas de lazer compartilhando o que achei sobre os livros com outras pessoas. Sei que os sorteios ajudam a chamar a atenção. Mas pelo que sinto nos comentários que me são direcionados o que mais interessa quem visita aqui é o que achei do livro e como expressei isso (tanto que é grande o número de indicações de livros “ruins” só porque há uma grande receptividade às minhas resenhas malcriadas). Ou seja, como lembrou a Tonks no Twitter: o importante do blog é o conteúdo. O que inclui cuidado (pelo amor de Deus, nada de erros de Português), pesquisa e criatividade (ou pelo menos tentar ser criativo). O visual ajuda, mas não sustenta – já ouviram falar do slogan da Sprite, há um tempo: “Imagem não é nada, sede é tudo”. Você não bebe aparência, mas um porre de boas doses de informação bem feita não fazem mal a ninguém.

Se ele virar uma obrigação, perde a graça. E se perder a graça, para que fazer? Essa é minha opinião hoje, mas tenho um ascendente em Gêmeos que deixa meu eu Escorpião doido por ser volúvel como as nuvens... Ou talvez, sejam lançados o “Bolsa Falência” ou o “Bolsa Livro para Leitoras Compulsivas” e aí quem sabe as coisas fiquem mais fáceis, né?

No entanto, queria aproveitar o clima de solidariedade (e deboche/bom humor, tenho que admitir) do #BlogueiroEsperança e fazer um pedido especial: por favor, comentem no Literatura de Mulherzinha. E em todos os outros blogs que encontrarem e visitarem. Ao seu modo, cada um é feito com muito carinho e dedicação. E posso garantir que, muitas vezes, vocês não são capazes de imaginar o poder de um comentário. Em dias difíceis (como os que tive há pouco tempo *para quem leu no Twitter, foi o comentário sobre blogueira carente*), eles geram confortos e sorrisos. É o poder do #BlogueiroEsperança, espalhar risadas à distância. E por favor, não me peçam para cantar a musiquinha. Sou extramemente desafinada XD

Bacci!!!

Beta

ps.: Mas se alguém quiser me mandar o Raoul Bova ou um clone do Rafael Nadal, não tenho o menor constrangimento em aceitar. Já tem lugar pra ele(s) aqui em casa e não é na estante lotada kkk
Reações:

18 comentários :

  1. Olá, tudo bem?

    Eu acho corrido comentar em todos os blogs que seguimos mas as vezes bate o desamino quando percebo que estão te ingnorando.
    Mas não levo para o lado pessoal, continuo visitando e comentando, pois tenho meu cantinho por que fiz amizades maravilhosas, curto as dicas das amigas, inclusive a Carla (não sei se é a mesma) do sonho de reflexão que está sempre ajudando.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Beta!

    Tava esparando o post. Está ótimo. Sabe, era mais fácil quando os blogs de romances existiam só pra falar de romances!
    Hoje vejo que os sorteios são uma constante (chega a encher o saco no twitter) e para haver sorteios as pessoas se enfiam num monte de parcerias. O problema, como me contou uma amiga, é que quanto mais parceria mais resenhas pra fazer e as cobranças (Sim, pq a maioria das parcerias tem exigências demais) deixam sem tempo para a blogueira ler por prazer.
    Eu e a Carol limitamos as parcerias (são apenas duas) por isso e acho que conseguimos manter um equilíbrio.
    Não é fácil e nem sempre as pessoas conseguem.
    A blogueira que teve essa infeliz idéia de pedir dinheiro provavelmente não conseguiu manter um equilíbrio. Tomara que ela repense e trabalhe no mais importante para que o blog dela seja um sucesso: O Conteúdo. Porque os sorteios movimentam acessos por um período, os leitores são pra sempre!

    Quanto aos comentários, era mais fácil antes quando existiam poucos blogs, hoje é mais difícil (ás vezes me perco!). Nem sempre consigo comentar em todos que visito, mas visito muitos minha visita está entre os seus milhares de acesso! rsrsrsrs)!

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo, o mais importante em um blog é o conteúdo. E, pelo menos pra mim, é muito mais gratificante saber que as pessoas me visitam porque gostam do que escrevo, não porque querem ganhar algo em troca.

    Sei bem o poder que tem um comentário. Mas também não acho legal quando vejo alguns blogueiros implorando comentários no Twitter. Minha filosofia é a seguinte: Blogo por prazer. Se você quer gastar seu tempo - que, provavelmente, é tão escasso quanto o meu e poderia ser investido em muitas outras coisas - lendo o que eu escrevo, é um favor que me faz. Mas vejo que a maioria pensa o contrário :/

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Menina, o dia que meu blog virar uma obrigação, eu fecho a conta, passo a régua e vou brincar de outra coisa, viu?
    Sou partidária da sua política: tô me divertindo, não trabalhando...
    Assim, eu até pensei em mandar as dicas de economia aplicadas no meu orçamento... mas vi que ela não estava aceitando comentários negativos... então fiquei na minha, sendo malvada e fazendo comentários sacanas rsrs

    Eu confesso, eu sou viciada no LdM... então, mesmo que você não faça sorteio, passe chapeuzin pedindo doação de livros e até pegue emprestado alguns dos meus homens de vez em quando... eu venho aqui até você me por pra fora...
    Adoro seus posts de boa moça, de consultora futebolística e de blogueira surtada hauhauhauha
    Foi o LdM que me levou ao RIP, ao Românticas e para vários outros cantinhos que eu amo de paixão.
    Então, eehh, mesmo que você surte e faça solicitações insanas... seus posts são tão "fazendo a Ba rir" que eu venho de novo e de novo e de novo hauah
    Mah chega de falar, que o google tá me mandando calar os dedos! kkkk

    ResponderExcluir
  5. Adorei Beta!!!

    E pensar que depois de ter lido meu primeiro romance de banca há um ano atrás, fui pesquisar mais sobre o assunto, e adivinha qual foi o primeiro site que caí? "Literatura de Mulherzinha" XD (portanto, culpa sua e da Tonks do meu vício, mulé ¬¬) kkk

    Acho que são essas "pequenas" coisas que fazem o blog valer a pena. Sorteios e mimos são caso a parte, e de que adianta ter só isso, se o blog não tiver conteúdo?

    E aliás, jogando um pouco de veneno (mas que de fato, é a mais pura verdade) se criar sorteios e marcadores tá um custo grande, mel dels, PQ NÃO PARA?! Ninguém está obrigando a dita cuja a fazer, tá fazendo pq quer. E um hobby, não um trabalho, não é mesmo?

    Como sempre, adorei, hahaha. Beijos. :*

    ResponderExcluir
  6. Nem preciso explicar que sou sua fã de carteirinha, ne? Adoro seu jeito de expressar as opiniões (inteligência + bom humor) e me divirto a valer por aqui. Ok, acho que o fato de tu ter ascendência geminiana e eu ser uma geminiana (ih! lascou), nos faz ter aquele lampejo pra expressar nossas opiniões, mesmo que elas não sejam "das" de muitos. E, mano, dá certo!kkkkkkkkkkkkk.

    Eu tenho percebido que meu bróguinho tb tem caído muito no quesito coments. E o coitadenho nem parcerias tem! Mas sabe? Me divirto bolando cada um dos posts; isso me tira um pokito da depre.
    Imagino que isso aconteça com vc tb. Já tive surtos para deletar o blog, mas ele ta tão lindinho que dá dó. kkkkkkkkkkkkkkkk.

    Portanto, Betinha do meu coração, mesmo não comentando sempre, to de olho o tempo todo por aqui.

    E quando precisar de qualquer coisa, só gritar. Estou especialista em banners. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. (ah tah).

    Seu único "defeito" é ser uma Estrela Solitária... Mas pelo menos não é Sardinha, Porquinha ou Bambi! kkkkkkkkkk, aí sim!

    Bjs, flor.

    ResponderExcluir
  7. Querida Beta, criei meu blog por conta do seu. Adoro suas resenhas, acho maravilhosas, são inteligentes, divertidas, deliciosas...Leio livros de bancas à mais de 16 anos, e adorei ter um lugar onde pudesse falar sobre eles. Tenho parcerias (4)mas, faço o meu tempo. Não leio por obrigação, tenho que ter prazer ao ler um livro, e se não gosto deixo de lado. Vejo no Twitter meninas desesperadas por comments, e muitas enchem a timeline com frases de sorteio, querem ganhar à todo custo ou ainda blogueiras que postam dia sim, dia também mas, que ao ler a resenha vc se pergunta "Ah, e aí? Cadê o resto?". Já deletei alguns blogs por não conseguir levar a diante (não tinham nenhum seguidor)mas esse está firme , forte e decidido!!! Mil bjos, amo seu blog de paixão!!!!

    ResponderExcluir
  8. Postagem show.

    Já te falei pelo MSN, que no seu blog, até postagem de divulgação de livro de parceria você consegue transformar em um texto de qualidade, em uma crônica chick-lit das suas motivações e desejos.

    Adorei.

    Blog para mim é hobby e terapia. Eu tenho que ler livros e jogar para fora uma opinião. Para isso uso o blog. Se não tiver comentários, não tem problema.

    Sabe o que me alimenta? Quando alguém me tuita e diz: "Nossa, li aquele livro que vc me indicou e amei". Ou então quando dizem que agora são viciadas em romance e que a culpa é minha. Esse é o feed back que eu quero. \o/

    bjokas

    ResponderExcluir
  9. Falou e disse Beta, blogamos pelo prazer que nos dá, não recebemos nada em troca a não ser um comentário aqui outro ali, mas o que sabemos que ganhamos e nos engrandece é a amizade de muitos e o carinho de alguns!
    Ler é nosso maior prazer, resenhar é uma descoberta, receber comentários é gratificante, mas pedir dinheiro é o cúmulo!!!

    Amei seu post, transformou um texto simples numa lição.

    Criei o meu blog para postar fotos de encontro entre amigos leitores, e meu menino cresceu e hoje faz parte da minha vida, mas temos um mundo à parte e precisamos valorizá-lo.

    Amo o que faço, faço de graça, agrado alguns, nem Jesus agradou a todos, mas faço sempre por prazer.

    Beijos estrelados!

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Adorei seu post! Vc falou tudo!!
    Blog pra mim é diversão , não obrigação !
    Continue com seus POSTS que sao ótimos :)
    beijos
    Sora - meu jardim de livros

    ResponderExcluir
  11. Concordo com tudo. O dia em que virar obrigação eu tb penduro meu chapéu.

    O problema é que as pessoas não sabem dosar. Ter parcerias é legal, fazer um sorteio pra agitar as coisas tb, receber comentários idem - mas isso virou OBJETIVO e não consequência. Daí essas aberrações que vemos por aí.

    Tb tenho saudade dos tempos em que ter blog (sim, eu estava aqui nessa época, com outro blog) era pura e simplesmente o prazer de escrever e falar de livros. Criou-se uma cultura de web-celeb e 'quanto mais ganha, melhor' que está difícil exterminar.

    Eu faço a minha parte, não me matando por parcerias (se der deu, se não der dane-se, estava aqui antes disso), não entupindo meu blog de sorteios e não doando a quem não segura o rojão e acha que o blog é a própria vida (e nem tem o bom-senso de dar voz a opiniões contrárias à dela).

    Mandou bem!

    ResponderExcluir
  12. Gente, tenho que entrar mais no twitter, porque não sei quem é essa blogueira que está pedindo grana o.O

    Adorei o post e concordo que blogar deve ser uma diversão mesmo, afinal é o que fazemos com o nosso tempo livre.

    Eu, como blogueira, aprendo um pouquinho a cada dia (frase clichê mode on mas é a verdade) e continuo aprendendo e errando também, mas sempre me divertindo.

    teh mais

    ResponderExcluir
  13. Nossa, falou tudo Beta.
    Os blogueiros mantêm seus blogs pq isso é algo que gostam. Gostam de ler e compartilhar sobre o que leem.
    Agora, pedir doação pra manter um blog, com sorteios e brindes??? O.o Quem te obriga a fazer isso no seu blog? Que hipocrisia dessa garota ao pedir isso! Um mundo tão cheio de carências, tão devastado e a gente doar dinheiro pra blogueiro manter blog?? O.O Me poupe né =P

    Enfim, vc falou aí sobre alguns termos e pedir ajuda pra Tonks... Fica traquila, eu tbm não sei muito..haushaushuahs

    Ahhh, o Raoul Bova eu não posso mandar pra vc, pq ele já é meu e não me troca por ninguém =P huashauhsuah

    E o Italiano?? Vc aprendeu?

    Ciao

    ResponderExcluir
  14. Oi Beta,

    Adorei o post. Concordo com você. Quando criei o blog tb foi para mostrar a nossa diversão, nosso prazer que é a leitura. Criei também para me divertir e para passar a minha opinião sobre os livros que lia. Na verdade passarmos. Éramos um grupo que pouco a pouco cresceu e queríamos mostrar como eram nossos encontros. Muitas e muitas opiniões sobre livros diversos. Deu certo. Algumas pessoas saíram, outras entraram, sempre sendo parte do nosso grupo. Ficamos em quatro (nisso eu tenho sorte) porque não dá mais pra fazer sozinha. Felizmente ou infelizmente isso cresceu um pouco...

    Concordo com você. Enquanto eu me divertir fazendo vai valer à pena. Quando chegar a ser obrigação eu desisto. Gosto muito do que faço, conheci pessoas maravilhosas que hoje fazem parte da minha vida e que sei que vão continuar a fazer sempre.

    Amei a campanha #blogueiroesperança !!!

    É muito bom lermos os comentários que deixam em nossas resenhas. Claro que tem dias que estamos inspiradas e sai algo bom, em outros sai algo mais ou menos, ou ruim. Somos humanas... mais fazemos com carinho e gostaríamos de ser reconhecidas por isso sim. E o comentário por menor que seja é o nosso reconhecimento. Também acho super bacana quando algum amigo blogueiro ou não percebe um erro em nossa resenha e nos diz ao invés de criticar a meia boca por ai. Já disse e repito. Somos humanos e como humanos falhamos. E estamos aqui pelo prazer que sentimos que é a leitura. O resto é conseqüência.

    Bjs,

    Liliana

    ResponderExcluir
  15. Oi, Beta!

    Não sei bem o que aconteceu, porque não sou blogueira, não estou no Twitter, mal consigo abrir o Orkut e de vez em quando fazer um comentário ou colocar uma diquinha que achei interessante e por pura pressão dos amigos, fiz uma página ainda bem pobrezinha no Facebook.

    Como vc sabe, trabalho mais de 12 horas por dia, num ambiente competitivo e estressante, com uma responsabilidade dos horrores nas costas e o que me faz dar um respiro e contém a vontade de matar um é no momento do dia em que entro na internet e acessar o seu blog e de algumas colegas que já se manifestaram aí em cima.

    Nessa hora, dou um sorriso, relaxo um pouco e respiro aliviada, me preparando para o próximo round.

    Sabe porque os blogs me relaxam? Porque percebe-se que eles são feitos por prazer, por pura vontade de partilhar algo com o outro que nem se sabe quem é, por afinidade, enfim, são feitos com amor e com vontade, sem pedir nada em troca.

    Os sorteios movimentam o blog, mas não são tudo. Se alguma colega está em dificuldades pelo excesso de sorteios ou muitos compromissos com parcerias, deve rever seus conceitos e redirecionar seus objetivos. Senão perde a característica espontânea e tão agradável que tem os blogs e as discussões sobre os livrinhos.

    Apesar da gente ainda não se conhecer pessoalmente, isso não é importante. O que importa é a afinidade tão boa que a gente tem, a facilidade de trocar idéias, de conversar, de desejar o melhor para ou outro, o querer bem, puro sentimento bom sem nenhuma intenção por trás.

    Além disso, vc ajuda o meu casamento aceitando os livrinhos que ocupam o maior espaço aqui em casa! kkkkk

    À vc e às meninas desejo que continuem nos presentando sempre com seus comentários inteligentes, suas opiniões e nos fazendo felizes e tranquilos por alguns momentos, mesmo que a gente não tenha muito tempo para comentar.

    Um grande beijo a todos!

    ResponderExcluir
  16. Oi, você como sempre escreve ótimos textos. Ultimamente não tenho tempo nem de ler e muito menos de ficar navegando na internet, então já faz tempo que não comento, quando tento a conexação da internet cai na hora dos comentários e não volta nem com reza.

    Continue escrevendo como sempre escreveu com prazer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. O que seriam livros ruins ? ^^ (hihihi ...) Eu adoro suas postagens sobre livros bons e sobre livros ruins, de acordo com seu julgamento, porque você escreve bem sobre qualquer uma dessas duas facções. Meus comentários estarão em suas postagens regularmente (alguns egocêntricos, alguns normais, alguns solidários), então fique sossegada, anjinho. ^^

    ResponderExcluir
  18. Tá, vou comentar e verificar se o Raul pode aparecer por aí, pelo menos pelo final de semana... Parabéns pelo post. Comentários sobre comentários sempre geram ... enfim... bola de neve. Não sou de comentar em blogs, mas sou leitora dos mesmos, de modo ávido. Acho que comentar é um pouco demais. Porém seu texto está bem exposto e escrito. Então, deferências são merecidas. Sim, mantenha o conteúdo e deixa o resto vir quando for realmente divertido.

    ResponderExcluir