domingo, agosto 21, 2011

Ciao!

Ok, todo mundo aí? Vamos lá!
Um!
Dois!
Três!
Catorce!
(Perdoe o momento Bono, foi irresistível :D)
Já!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Pronto. Agora podemos começar como pessoas (quase) sensatas, né?
Meninas, chegou aqiu em casa nesta semana fresquinho e quentérrimo o quinto livro da Série Senhores do Mundo Subterrâneo. (Não preciso lembrar que abri um sorriso de orelha a orelha, típico do Gato de Alice no País das Maravilhas, quando soube que a Harlequin lançaria neste mês o 5º livro, né? Se alguém quiser ler, óia aqui).


Então, nada de embromation, vamos ao que interessa? Senta que lá vem história!

A Paixão mais Sombria – Gena Showalter – Harlequin Romance (Senhores do Mundo Subterrâneo 5)
(The darkest passion – 2010 – Editora HR)
Personagens: Olívia e Aeron, guardião de Ira

Aeron havia desafiado os deuses a mandarem uma mulher que o atormentasse e não demorou muito para que o pedido fosse atendido. Às portas do castelo em Budapeste, uma mulher ferida, vulnerável, chamando por ele, que não teve alternativa a não ser buscá-la e levá-la pra o seu quarto. Olívia era um anjo caído, por escolha própria, porque queria ficar com Aeron, o guerreiro-demônio a quem ela deveria ter assassinado. Agora ambos corriam contra o tempo, porque o que Olivia não fizera, outro seria escalado para fazer e cumpriria a missão sem hesitar. Enquanto alguns segredos são revelados, o que torna ainda mais dramática a disputa por poder e a atuação dos Senhores na guerra que está acontecendo. Assim, qualquer erro e qualquer fraqueza podem ser fatal para eles – ou pior, para quem amam.

Comentários:

- Previously in Budapeste: guerreiros maravilhosos possuídos por demônios que beiram o incontrolável vivem entre os maus humores dos deuses e sendo perseguidos por caçadores que os culpam por todo o mal do mundo. Em meio à ameaça constante, Maddox, Lucien, Reyes e Sabin encontraram mulheres incríveis, que faziam seus demônios ficarem fofuxos e meiguxos e colocavam os guerreiros em ponto de bala (além de matar de inveja qualquer leitora com neurônios e hormônios – na lua cheia então... pobre do marido, namorado, namorido, parceiro que estiver ao alcance das mãos kkk). No entanto, ainda correm perigo, duras escolhas feitas ainda causam dor e eles correm contra o tempo para achar a Caixa de Pandora – causa e símbolo de toda a miséria na vida deles – antes dos seus inimigos...

- Prepare-se, você vai ficar arrepiada.
A boa notícia: terá bons e ÓTEMOS (assim mesmo: ÓÓÓÓTEEEMOS) motivos.
A má notícia: terá péssimos motivos, também.

- Toda a série se trata sobre escolhas: amar ou não amar, arriscar ou não, se sacrificar ou não por quem ama, quais decisões tomar na busca pelos artefatos que podem localizar a Caixa de Pandora, como proteger a quem amam (um grupo que aumenta cada vez mais). E neste livro, as escolhas serão levadas ao máximo e exigindo decisões extremas (como já aconteceu em uma escolha anteriormente citada na série – não vou mencionar para não estragar a surpresa e o impacto de quem ainda não leu – aliás, caramba, por que você ainda não leu??? O.O). Olivia se encantou pelo homem que deveria executar e preferiu abrir mão de tudo que era e tinha a cumprir a ordem. Aeron não quer se responsabilizar por ela, mas acaba levando para o quarto. E a partir daí não se engane, você terá um livro intenso pela frente, com revelações, complicações, apresentando novos aspectos da trama maior (e perdi a conta de quantas vezes pensei “caramba, nada está tão horrível que não possa ficar pior!” – sensação compartilhada entre os Senhores em alguns momentos).

- Adorei a interação entre Aeron e Olivia - e olha que ele não estava entre os meus Senhores favoritos, uma lista fofa liderada por *.* Amunzinho *.* (dãããã), Reyes, Lucien e, mais recentemente, me vi curiosa sobre Paris (nem queira saber o motivo – que não tem a ver com o demônio dele), Kane (algo natural para quem vive topando com as coisas, como eu) e Gideon (que ainda está se recuperando do livro anterior). No entanto, solte uma anjo caído curioso em cima de um demônio que está doido pra matar a vontade do anjo de brincar e pobre do guerreiro que tenta resistir ao que ambos fazem com ele. E para um anjo, ser totalmente puro e inocente, vou te contar, hein, dona Olivia... As considerações dela sobre o corpo de Aeron são ótimas, em especial, quando ela se questiona até onde ele seria tatuado... E para quem não quer, vou te contar, hein, seu Aeron? Neste ritmo, a Harlequin vai ter que publicar os próximos livros em papel impermeável, porque será obrigatória a leitura debaixo de uma ducha na temperatura gelo glacial – para, em segundos, você terá um banho turco (vai por mim... gaspgaspgaspgaspgaspgaspgaspgasp a pegação na parede gaspgaspgaspgaspgaspgaspgaspgasp).

- Tive que rir quando a autora conta que Amun agora está falante. Oficialmente ele fala DUAS palavras *.* (porque o relato dele foi resumido pela autora – poxa, tia Gena, colabora com a causa, né?) com aquela voz “profunda” *.*, “ríspida” *.* e “quase não utilizada” *.*. *suspiros* Muito lindo Amunzinho de Betinha *.*

- E não sei se devia, mas vou avisar. A reta final deste livro é do tipo

“O QUÊ?”

“QUÊ?”
“Ê?!”

“?????”
“...”

É, acho que descrevi direitinho a minha cara e as minhas reações quando terminei de ler. O pior foi olhar para o lado e não ter o próximo para ler imediatamente, madrugada adentro sem pausa. Porque, é muito simples: eu preciso - PRECISO MESMO - saber o que acontece em seguida!!!

- Lembrando que as resenhas tranqüilas, serenas, amáveis, fofas, controladas (#not) sobre os quatro anteriores já estão no Literatura de Mulherzinha. Basta clicar ali no marcador Gena Showalter. Mas como sou legal, escolha seu Senhor favorito e divirta-se:  MaddoxLucien, Reyes e Sabin.

Série Senhores do Mundo Subterrâneo
0.5. O fogo mais sombrio - The darkest fire – conta como a caixa de Pandora foi criada (é um bônus)
1.  A noite mais sombria – The darkest night - Maddox, guardião de Violência e Ashley Darrow. 
2. O beijo mais sombrio – The darkest kiss - Lucien, guardião de Morte e Anya, deusa da Anarquia. 
3. O prazer mais sombrio – The darkest pleasure - Reyes, guardião de Dor e Danika Ford
The darkest prision – Atlas e Nike (outra história bônus – também publicada no livro Into the dark)
4. O sussurro mais sombrio – The darkest whisper - Sabin, guardião do (chatonildo) Dúvida, com Gwen 
The darkest angel – Lysander e Bianka (publicado na antologia Heart of Darkness)
5. A paixão mais sombria – The darkest passion - Aeron, guardião de Ira, e Olívia.
6. A mentira mais sombria - The darkest lie - Gideon, guardião de Mentiras e Scarlet, guardiã de Pesadelos
7. The darkest secret – Amunzinho, guardião de Segredos (ainda não lançado em Português *chuif*)
8. The darkest surrender – Strider, guardião de Derrota (ainda não lançado em Português)
9. The darkest seduction – Paris, guardião de Luxúria (ainda não lançado em Português)
10. The darkest craving – Kane, guardião de Desastre (ainda não lançado em Português) 
11. The darkest touch - Torin, guardião de Doença (ainda não lançado em Português)
*** The darkest angel - Lysander, anjo, e Bianka, harpia (lançamento lá fora em 1º abril 2016 - não consegui entender se é o mesmo que já foi publicado ou se tem algo diferente)
12. The darkest torment - Baden, guardião de desconfiança 
(lançamento lá fora em 31 de maio 2016)


- Pois é, ainda não consegui, mas vou visitar com calma – muuuuuuuuuuuuuita calma - o site da autora. E recomendo, de novo a leitura do blog para quem gostou da série e quer acompanhar o passo a passo do que se passa na mente que criou os Senhores-espetáculo.

Bacci!!!

Beta

ps.: FALTAM DOIS LIVROS PARA O AMUM!!!!!!! *claro que ninguém duvidou que eu fosse me esquecer disso, né?*
Reações:

9 comentários :

  1. AI MEU DEUS! AI MEU DEUS! AI MEU DEUS!
    Como você faz isso comigo???????
    Eu vou na Saraiva hoje! Eu preciso!
    Eu tava aqui, toda feliz, resistindo ao vício e você me vem com essa resenha???
    ODEIOOO VOCÊ!
    A culpa do meu vício nos senhores é toda sua! Se eu morrer de ansiedade pelo próximo livro eu vou aí puxar o seu pé!
    Tava aqui, feliz, aguentando sairem todos os livros antes de continuar lendo... mas nãaaooo, você tinha que vir e me deixar curiosa!! Nhummm, sua má! hauhauha

    Beta, louca, pra variar, amei sua resenha hauhau já tô largando tudo pra ler o próximo que:

    "aliás, caramba, por que você ainda não leu??? O.O"

    Não tinha lido ainda para render a série! Malvada! =P

    ResponderExcluir
  2. Estou doida esperando o meu chegar, eu achava q o meu preferido era o Lucien mas cada vez q leio mais um fico em dúvida, eu tb me apaixonei pelo Reyes, mas na verdade essa série é maravilhosa, adorei sua resenha e coments.

    ResponderExcluir
  3. Nossa concordo, a sequência final desse dá uma angústiaaaaaaa!!!
    Mas ficou muito boa. Meu preferido é o Paris, acho que porque o coitado sofre desde o segundo livro xp.
    Mais alguém odeia a Legion ou sou só eu?
    Resenha perfeita, parabéns XD

    ResponderExcluir
  4. Ai, meu Deus!!!!!

    Tô atrasada, nem comprei esse ainda e logo de quem????!!!!!!

    Tem na Saraiva? Fui ao shopping ontem e o marido me arrastou prá longe dela. Parece até que tqva adivinhando! kkkkk

    Dessa semana o Aeron não me escapa! Ai, meus sais!!!!!

    Resenha maravilhosa, Beta, como sempre, só prá me deixar mais desesperada!!!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Respondendo ao "aliás, caramba, por que você ainda não leu ??? O.O" tão dirigido a mim, embora não dirigido a mim exatamente, eu digo: porque eu preciso ter certeza de que publicarão cada um desses doze volumes para eu ficar sossegada de ter uma série linda e poderosa inteirinha para não ficar com aquela sensação de que comi chocolate sem recheio quando deveria ter recheio em meu chocolate ! ^^ Aliás digo eu, que não sabia de que tratava "Irmandade das Adagas Negras", Máfia do Romance que fica pondo pilha em Mademoiselle Beta, que faz essas resenhas hiper-ultra-interessantes, dizendo o que eu esqueci de dizer em meu comentário sobre IAN: por que vocês complicam minha vida ???!!!

    ResponderExcluir
  6. O livro é booooooom mesmo, aliás eu adoro esta série, acho que já disse isso por aqui. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Beta,

    Acabei de ler, e...

    eu preciso - PRECISO MESMO - saber o que acontece em seguida!!! [2]
    Tô desesperadamente ansiosa. kkkk


    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ainda bem que acabei de comprar o meu por que agora eu fiquei seca pra ler!

    ResponderExcluir
  9. Adoreeeeiii! Só li o primeiro, então nem posso comentar muito! A não ser concordar com as folhas impermeáveis e a ducha! =D

    Serião!

    ResponderExcluir