terça-feira, abril 05, 2011

Confesso minhas fraquezas: este livro me ganhou na capa. Achei-a delicada e de bom gosto.




Aí descobri que era história de príncipe e princesa, que eu adoro. Por fim, xeque-mate: o nome do príncipe é um dos meus favoritos. Tudo estava a favor para que a leitura fosse agradável e divertida! E depois de tanto bebê e casamento na vida real, por que não uma história da série “A noiva mais linda do mundo!”?

Amor Lapidado – Rebecca Winters – Harlequin Special 25 (A noiva mais linda do mundo!)
(The Royal Marriage Arrangement – 2008 – Mills & Boom Romance)
Personagens: Alexandra Carlisle Grigory e príncipe Lucca Schiaparelli

Pagar a alta dívida era a única forma de evitar ainda mais escândalo associado ao nome da mãe dela, famosa e bela atriz de Hollywood, recém-falecida. A alternativa salvadora seria vender a preciosa pulseira comprada pelo pai dela, primeiro marido de sua mãe, na House of Savoy. No entanto, lá ela descobriu que a jóia era falsa e sentiu o mundo desabar, para pouco tempo depois, ter a chance de resolver tudo, se aceitasse se casar com o príncipe. Lucca propôs um acordo que agradasse a ambos: ela teria os recursos para evitar mais um escândalo sobre a mãe e realizar o sonho pessoal de ser médica. Já ele teria o apoio dela para assumir o trono, por que não poderia se casar com a mulher que realmente amava. A partir daí era contar o tempo para que o relacionamento entre eles evoluísse da amizade para o amor...

Comentários:

- Se houver um príncipe Lucca disponível no mercado e você quiser fazer uma escorpiana feliz, basta me enviar por Sedex 10. Olha as qualidades do moço: príncipe herdeiro (futuro regente) do Principado de Castelmare, pessoa responsável e que pensa nos outros, ama a família e é amado por ela. Não hesitou em socorrer uma donzela desesperada em apuros, oferecendo a ela a forma honrada de pagar a dívida: casando-se com ele.

- Alexandra pensou que era surreal, mas concordou porque teria apoio, seria protegida e cuidada – além de permitir que ela refizesse laços com o passado. Alexandra prometeu pensar em algo que pudesse permitir que ele reencontrasse a mulher que realmente amava, de quem estava separado por causa dos deveres reais. Era uma forma de compensar todo o carinho e afeto que recebia não só de Lucca como da família real. A cada momento, ela se interessava mais por ele, que não media esforços em agradá-la e protegê-la.

- É uma história suave, onde você entende rapidamente que era um caso clássico de amor à primeira vista, que precisaria vencer alguns obstáculos para ser feliz no final. E eu já estava quase surtando com Alexandra, que não conseguia enxergar além das atitudes aparentes do príncipe Lucca. Sim, talvez em um dia ruim ou se o personagem tivesse outro nome e não falasse Italiano, eu diria que ele foi um teimoso lerdo que não falou logo o que queria e demorou para resolver o motivo honrado que o impedia. Só que eu estava em um dia ótimo e apaixonada pelo príncipe desde a primeira cena, então estes detalhes não fizeram a diferença para mim...

- Ah, claro, lá pelas tantas você tem a sensação de que há mais histórias. Bastou uma pesquisa no Google, para descobrir que há outro livro sobre a House of Savoy (Principado de Castelmare). Veja as informações sobre a série, o livro e a capa dele.

Eis as informações sobre o segundo livro da Royal House of Savoy - The princess and the gardener! (pelo que pesquisei, ainda não lançado em Português. E como gostei bastante da princesa Regina, adoraria ler esta história)

Princess Regina Vittorio must soon leave her beloved kingdom of Castelmare and become queen of another realm. Gina has devoted her life to royal duty, but as the day of her arranged wedding approaches, she wants just one moment with the man she loves....
Royal gardener Dizo Fornese has watched Princess Regina blossom like the roses he tends at the palace. He knows she is untouchable, but he has one chance to risk all -- and claim his princess bride!

Bacci!!!

Beta

ps.: E a Flavinha postou no Mulheres Românticas uma resenha que mostra que o livro faz parte de uma série especial pelos 75 anos da Harlequin!
Reações:

3 comentários :

  1. Esse é o tipo de livro levinho, tranquilo, que ao final você fecha com um suspiro e diz: "ai, ai..."

    Claro que o príncipe foi meio lerdinho e a mocinha poderia ser um pouco mais espertinha, mas nada disso ofusca a beleza da história.

    Estou adorando esse mês de abril, por que será? kkkkkkk

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei desse, tanto pela história quanto pela capa. Já desconfio do tal segredo, agora preciso ler para confirmar... rsrs.
    Bjs!!
    Monique

    ResponderExcluir
  3. Desse jeito não vai dar certo Beta... A cada resenha lida a pilha de livros a serem lidos só aumenta!

    Adorando o AbrilImperdível *.*


    :*

    ResponderExcluir