segunda-feira, abril 04, 2011

* Peguei a imagem no site A Magia da Ternura *



Temos aqui um caso clássico de opostos extremos que se atraem e se repelem para se atraírem de novo. Claro que há obstáculos a serem resolvidos e superados para que eles possam ser felizes. E é uma jornada interessante de acompanhar.

Atração Ardente – Kate Hardy – Paixão Sexy 53
(Strictly Legal – 2006 – Mills & Boon Sensual)
Personagens: Rose Carter e Leo Ballantyne

Leo deveria ser o irmão chato de sua amiga e tio da sua afilhada, ele era para ser o “vilão” da história. No entanto, ele era charmoso demais, educado demais, perfeito demais. Leo a achou linda, mas totalmente incompatível com os planos futuros dele. Só que a atração era muito maior que o bom senso. E eles se viram envolvidos mesmo com tudo e todos ao redor no contra. Leo tinha que redefinir suas metas. Rose tinha que superar os traumas do passado, só assim poderiam ter uma chance, se realmente quisessem lutar por eles como lutavam pelos outros...

Comentários:

- Casais aparentemente incompatíveis parecem ser a especialidade desta autora. Somos apresentados à visão que Rose tem de Leo (por causa de Sara, a irmã caçula dele): advogado sisudo, cheio de normas, chato, controlador. E também a visão que, pelo mesmo pré-conceito, ele tem dela: outra amiga artista, riponga, sem metas, sem rumo, sem senso. Claro, que bastaram alguns encontros para perceberem que eram muito melhores do que achavam a princípio. Leo tinha muito calor e ternura por baixo da fachada de “advogado jovem que quer ser Conselheiro da Rainha” e Rose tinha muita sensatez e inteligência por baixo da fachada de “riponga”. Fora que eles estavam bastante atraídos um pelo outro (ao ponto de não conseguir raciocinar direito – e quando chega neste estágio, queridas, é caso perdido). Rose é um patinho feio conformado, marcada por uma desilusão que a deixara com sérias conseqüências e a incapacidade de confiar em homens. Claro que Leo a ajudará a superar este trauma, mas isso também pode trazer problemas para ele, que terá que arrumar uma forma de garantir para ambos o final feliz, mesmo que não atenda ao plano inicial nem de um nem de outro...

- Se quiser ler mais sobre Kate Hardy, neste link está os outros livros dela com resenhas já postadas no LdM (recomendo a leitura da resenha de Doce Tentação).

- A autora tem site oficial. Ela tem páginas sobre cada livro, onde conta detalhes por trás da história (recomendo a leitura específica sobre Atração Ardente) e também tem um blog!!! (Um detalhe: pelo menos nos livros que li dela, o herói sempre cozinha algo para a mocinha. Ela comenta qual prato e, em alguns casos, por que o escolheu... Para quem ama saber curiosidades, trocadilhos à parte, é um prato cheio!!!)

Bacci!!!

Beta
Reações:

3 comentários :

  1. Não gosto de livros de 'opostos que se traem'. Fico lendo e pensando: Ah, mas eles não tem nada a ver!

    kkkkkkkkk

    Gosto quando o casal é amigo um do outro ou quando, apesar de parecerem opostos inicialmente, eles descobrem semelhanças reais um com o outro. =D

    teh mais

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse livro. Foi uma grata surpresa. Na verdade, não dava muita coisa por ele, tinha comprado no "saldão" do site da Harlequin e foi pego prá ler quando o estoque de coisas mais interessantes já estava zerado.

    E ele se revelou muito interessante. É uma história muito bem construída, a gente vai percebendo de forma bem realista como os preconceitos que um tinha pelo outro vão caindo por terra um a um e como eles superam as diferenças. É o famoso gente como a gente, mas bem feito.

    Vale a leitura.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Parece interessante, mas nada fora do normal. Por enquanto está fora das prioridades.
    Bjkas!
    Monique

    ResponderExcluir