sábado, agosto 07, 2010

A missão de agosto da Maratona de Banca era sobre um assunto que me traz ótimas recordações: viagens no tempo são o tema de alguns livros muito bons que eu já li e você pode saber sobre alguns aqui no LdM e inclusive um de meus favoritos de todo o sempre – As Duas Vidas de Adrienne. Para melhorar, através das dicas, não é que encontrei um de uma autora que me traz boas lembranças.
Não tinha chance de dar errado, né?

Meu Querido Escocês – Sandy Blair – Julia 1520 (Romances Envolventes)
(A highlander for Christmas – 2007 – Kensington Publishers)
Personagens: Claire MacGregor e Cameron MacLeod

Para salvar a vida do guerreiro que caminhava para a morte certa, a mãe adotiva o prendeu em um encantamento que foi liberado 300 anos depois, em 2007 e em outro país. Imagine o choque de Claire ao receber uma herança, abrir uma caixinha e libertar um legítimo escocês das montanhas em seu quarto. E quando Cameron conseguiu sair se viu completamente desorientado em um mundo onde não tinha a mínima idéia de onde estava! Sua única referência era Claire... E ser o porto seguro de um escocês da época medieval no mundo atual tinha seus contras (o homem atraía confusão sem o menor esforço) mas tinha seus prós (um escocês legítimo na casa dela!!!) Claire e Cameron se unem para desvendar o mistério se ele poderia voltar ou não para o seu tempo em uma aventura imprevisível...

Comentários:

- É um livro que você não vai ver o tempo passar. Pelo menos foi o que aconteceu comigo. Comecei a ler no meio de uma manhã de sábado e quando interrompi já estava pra lá da metade do livro. História boa, que anda pra frente, ao invés de ficar dando voltinhas e enrolando (famoso enchendo lingüiça). É bem escrita a confusão de ambos: ele perdido no tempo e espaço em um lugar totalmente diferente do que ele estava acostumado (e as confusões em que ele se mete por causa da incompreensão transitam entre a “ai meu pai” para rir ou para ter pena, porque você compreende o lado dele), ela sem saber como lidar com um viajante do tempo desorientado e sem cair naquela tentação ambulante. Porque mesmo perdido o homem continua um espetáculo de lindo, gostoso, educadíssimo e um gentleman de deixar qualquer uma babando (que o digam todas as personagens femininas do livro que não resistem a ele). A autora mistura os ingredientes da história de uma forma que, quando termina, você ainda quer mais (mesmo ela tendo corrido um pouco na parte final – não sei se foi corte na versão em Português porque não li a versão em Inglês).

- Livro totalmente recomendado para quem adora escoceses de kilt, viris, fortes, amáveis, cavaleiro de armadura e muito lindos. E para quem gosta de heroínas que sabem como aproveitar a companhia deles... E vou parar com essa minha tietagem explícita por aqui!

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Já li o livro e tb gostei muito. Nossa, EU é que queria que um escosês lindo desses surgisse no meu quarto, assim do nada, hehe!!!!!

    ResponderExcluir