segunda-feira, fevereiro 06, 2006




Atendendo a recomendações, apelos e sugestões, finalmente encontrei (viva a Drica!!!) esse livro.
Leitural total, absoluta e irrestritamente recomendada. Nada como uma jornada para mostrar a gente o verdadeiro lugar onde as melhores coisas estão: na gente mesma.
É o que Isadora aprende - e ensina à gente, por tabela.

Uma escola de charme - Susan Wiggs - Bestseller 14
(The Charm school - 1999 - Mira Books)
personagens: Isadora Dudley Peabody e Ryan Calhoun

1851 - Isadora era o patinho feio na loura, angelical e perfeita família Peabody. Desajeitada, tímida, anti-social e inteligente demais para uma sociedade onde a futilidade era a regra, Isadora não conseguia se ambientar. Ignorada por todos - incluindo o homem a quem acredita amar - ela decide embarcar numa aventura: viajar no Cisne de Prata até o Rio de Janeiro. Seria a tradutora e intérprete oficial da tripulação, além de acompanhar Lily Calhoun. Ela só não imaginava que passaria por uma série de mudanças, ajudada pela curiosidade e vontade de aprender e que aqueles marinheiros rudes, de todas as idades, seriam excelentes professores. Muito menos que o capitão Ryan Calhoun, que tinha motivos secretos para o sucesso daquela viagem, que não foi com a cara dela e fazia o possível para espezinhá-la, poderia se revelar um homem muito especial...

Curiosidades:

- Como se não bastasse toda a propaganda, o livro ganhou de vez a minha simpatia na primeira frase: "Ser invisível tinha suas vantagens." A maioria das pessoas já teve uma fase de inadaptação na vida. Muitas não se adaptaram até hoje. Então é compreensível a simpatia com o sofrimento de Isadora, como isso era usado contra ela por outras pessoas (sim, bullying é apenas uma palavra nova para algo antigo...), inclusive as que deveriam apoiá-la como ela fosse e revoltante perceber como ela não sabia se defender e mandar cada um catar coquinho na Sibéria. Vamos acompanhar a jornada de crescimento de Isadora e, pela forma como a história é contada, você se envolve com o sofrimento e cada pequena - e grande - vitória dela, porque deseja que ela se supere tanto quanto se fosse com você mesma. (Já deu pra notar que rolou uma grande identificação entre leitora e livro, né?)

- Ok, junte isso a um herói que pouco liga para as convenções morais e luta por uma causa maior... Além de ser maravilhosamente lindo e sedutor e oferecer a ela a inesperada oportunidade - em um ambiente aparentemente não propício para ela - de se libertar da casca onde estava presa e aprender a ser a Isadora de verdade. Adoro ruivos, sempre me lembram do Ewan McGregor (ator - Trainspotting, Moulin Rouge), que eu amo de paixão.

- Sem contar que o livro tem cenas no Rio de Janeiro onde o Brasil parece mesmo o Brasil!!! A autora pesquisou e vimos que o trabalho foi bem feito! Demorou, mas consegui ler algo que não me irritasse!!! As pessoas falam Português e a heroína também!!! Ai se houvesse mais livros assim!!!

- E vamos à parte "triste" e "tipicamente Beta/LdM": claro que tinha que ser uma série, né? No caso, este é o primeiro de CINCO livros. A Lidy comentou comigo que outro já teria sido lançado em Português, eu pesquisei e descobri que foi o TERCEIRO (é, isso mesmo. Pra que ler o segundo?). De qualquer forma, no Fantastic Fiction, há a lista e as capas dos livros:

Calhoun Chronicles


1. The Charm School (1999) - Escola de Charme
2. The Horsemaster's Daughter (1999)
3. Halfway to Heaven (2001) - A Meio Passo do Paraíso, CHE 168
4. Enchanted Afternoon (2002)
5. A Summer Affair (2003)

Ok, vou apelar...

*Harlequin, republica os já lançados e publica os outros, por favor... *
*Aposto que um moooooonte de gente ia comprar. A começar por mim... Por favor!!!*

- ... Enquanto isso não acontece, fica a dica para vocês: se encontrarem Uma Escola de Charme em um sebo amigo da vida, comprem na hora!!! Vale a pena! Ainda mais porque ele é difícil de achar e não só no Brasil: pesquisando no site da autora, ele foi relançado lá fora em 2008 e está ESGOTADO.

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Ah, não acredito! Os melhores são os mais difíceis de se conseguir. =(

    ResponderExcluir